Engravidar-te de Felicidade

Agora, então, minha querida Angélica,
Escreverei a alegria.
Não mais a sede de sangue,
Não mais
Entranhas derramadas,
Não mais
Corações partidos
E angústias.
Escreverei os mares plácidos
E os raios do luar
Refletidos por
Teus teimosos
Olhos escuros.
A simples idéia de ti
Me leva
À submissão,
A cuspir
Estas palavras de amor-semente.
E espero,
De verdade, ardentemente espero,
Engravidar-te
Da minha felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s