Tiresias

Um dia, o jovem Tiresias andava por um caminho no Monte Cilene, numa região campestre do Peloponeso, quando se deparou com um casal de serpentes em desavergonhada cópula. Condenando-as pela lubricidade, bateu nelas com o cajado.

A sensual deusa Hera, esposa de Zeus, se enfureceu com as ações de Tiresias. Como ela via com grande entusiasmo os prazeres sexuais, mesmo em animais, deu a Tiresias a pior punição possível: transformou-o numa mulher, de corpo e de mente.

Após sete anos como mulher, passando de prostituta a esposa e mãe, Tiresias se deparou novamente com as serpentes, mas desta vez deixou que seguissem com o seu prazer carnal. Isto agradou Hera, que recompensou Tiresias restaurando a sua masculinidade.

Certo tempo depois, Hera e Zeus discutiam sobre quem extraía mais prazer do sexo: o homem ou a mulher? Hera, a grande sedutora, sempre tinha levado Zeus a crer que o homem era superior tanto no sexo quanto nas outras coisas. Para tirar a limpo, convocaram Tiresias, o único que sabia como era estar em ambos os papéis. Sendo ele um homem que dizia a verdade, revelou o grande segredo da feminilidade: dividindo o prazer em dez partes iguais, ela fica com nove e ele com uma. Hera ficou furiosa com Tiresias por trair a feminilidade com a verdade e, apesar dos protestos de Zeus, cegou o homem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s