Janela Para o Transcendente

Engolia o corpo de Deus a cada mês,
não como quem engole ervilhas
ou roscas ou sabres,
engolia o corpo de Deus
como quem sabe que engole o Mais,
o Todo, o Incomensurável,
por não acreditar na finitude
me perdia no absoluto infinito

te deita, te abre,
finge que não quer mas quer,
me dá tua mão, te toca, vê?
está toda molhada,
então Hillé, abre,
me abraça,
me agrada

— Hilda Hilst

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s