Corno Interesseiro

Uma noite o Copezzi muito contente
(depois de borrifar a sacra espada
que traz com rubra fita pendurada
com cuspo, e vinho, que vomita quente);

Conversava com a esposa em voz tremente
sobre a grande ventura inesperada
de ser plácida adorada
de um Marquês tão rico, e tão potente;

A mulher lhe replica: Isso é verdade;
enquanto moça for, nunca o dinheiro
faltará nesta casa em quantidade.

mas tu sempre és o tafulão primeiro;
pois tendo cabrão sido noutra idade,
és agora o maior alcoviteiro!

— Bocage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s